terça-feira, setembro 27, 2016

ELEIÇÕES: VOCÊ SABE O QUE É ZERÉSIMA?


No próximo domingo (2), mais de 144 milhões de eleitores estão aptos a votar para escolher seus candidatos a prefeito e a vereador. Mas, antes de o primeiro eleitor ficar frente a frente com a urna eletrônica, em cada uma das 461 mil seções eleitorais, o presidente da mesa receptora de votos já terá ligado a máquina, entre 7h e 7h30, na presença dos mesários e fiscais de partidos políticos, para emitir o relatório chamado “zerésima”.

Esse relatório traz toda a identificação da máquina, comprova que nela estão registrados todos os candidatos e que não há nenhum voto computado, ou seja, a urna tem “zero voto”. Após a impressão da zerésima, o presidente da seção, os mesários e os fiscais dos partidos ou coligações que estiverem presentes devem assiná-la.

Ao término da votação, às 17h, o presidente da seção eleitoral deve digitar uma senha na urna para encerrar a votação. Logo após, o equipamento emitirá cinco vias do boletim de urna, com os seguintes dados: total de votos recebidos por cada candidato, partido político, votos brancos, votos nulos, número da seção, identificação da urna e a quantidade de eleitores que votaram na respectiva seção. O boletim e a zerésima são então encaminhados à junta eleitoral.

TSE – Eleitor só pode ser preso em flagrante

A partir de hoje (27), eleitores não podem ser presos ou detidos, salvo em flagrante ou para cumprimento de sentença criminal. A regra está prevista no Código Eleitoral, que entrou em vigor em 1965 e serve para garantir a liberdade do voto. No próximo domingo (2), mais de 144 milhões de eleitores vão às urnas para eleger vereadores e prefeitos. A regra vale até 48 horas após o encerramento do pleito.

Na prática, mandados de prisão não devem ser cumpridos pela Polícia Federal, principalmente na Operação Lava Jato, até a semana que vem, para evitar nulidades nos processos criminais. A regra foi inserida na legislação eleitoral em 1932, com o objetivo de anular a influência dos coronéis da época, que tentavam intimidar o eleitorado. Atualmente, juristas questionam a impossibilidade das prisões, mas a questão nunca foi levada ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A proibição está no Artigo 236, do Código Eleitoral, e o texto diz: “Nenhuma autoridade poderá, desde 5 (cinco) dias antes e até 48 (quarenta e oito) horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto.”

Bancários e empresários voltam a negociar nesta terça-feira

 Nesta terça-feira, a partir das 14 horas, em São Paulo, bancários vão sentar novamente à mesa da negociação com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). A categoria vive seu 21º dia de greve e garante que não recua, apesar da pressão dos empresários. Os banqueiros ofereceram 7%, enquanto bancários lutam por 5% mais inflação.

Se os bancos estão apostando no cansaço da categoria, nós estamos mostrando que a não fugimos à luta. Chegamos aos 21 dias de greve com muita disposição. Esperamos uma proposta digna, pois, do contrário, vamos fortalecer ainda mais nosso movimento”, afirma o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra.

Um total de 430 agências das 562 existentes no Estado permaneceu fechada. O número, segundo o sindicato, é o maior registrado desde o início do movimento, dia 6 de setembro, e representa 76,5% de adesão. Em Fortaleza, das 259 unidades existentes, 208 fecharam. Já no Interior, das 303 agências, 222 ficaram sem funcionar.

A partir das 16 horas desta terça-feira, em frente a Caixa Econômica Federal da Praça do Ferreira, os bancários vão se concentrar para avaliar o movimento e sair em caminhada rumo à sede do sindicato.



sexta-feira, setembro 23, 2016

Cunha dispara contra ex-aliados: “covardes e hipócritas”

 Em entrevista à Radio Correio, de João Pessoa, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), bateu duro em alguns de seus aliados, como Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), ex-ministro das Cidades.

O eleitor não gosta de deputado covarde. O povo da Paraíba precisa conhecer o deputado Aguinaldo Ribeiro”, disse Cunha, afirmando que Ribeiro esteve na sua casa fazendo contas, antes de decidir seu voto. Cunha voltou a bater em Moreira Franco, responsável pelo programa de privatizações do governo federal, dizendo que, com ele, o governo Temer fica sob suspeição.

Segundo Cunha, “o ambiente político ainda está bastante quente” e “só a próxima eleição presidencial vai amenizar o momento negativo da política”. Ele falou também sobre seu livro, que terá o título Impeachment. “O livro vai ser um best seller”, previu.


(com informações Blog do Herculano Costa)

quinta-feira, setembro 22, 2016

CÍÇERO MAIA EM SEU BLOG NOTÍCIAS E OPINIÕES, ADVOGA A SEGUINTE TESE: Não foi desta vez, o eleitor já vendeu seu voto e o povo perdeu de novo


LEIA

Havia  uma  grande expectativa em relação ao  comportamento dos candidatos aos cargos majoritários e legislativos e não menos em relação ao comportamento dos eleitores nas eleições municipais  de 2016, estamos a menos de 10 dias  das eleições  que acontecerão  em todo o pais no próximo dia dois de outubro(02-10).

Esta expectativa  para algumas pessoas  vinha  também carregada  de uma esperança que ja virou total frustração,A ilusória esperança de que  o eleitor não venderia seu voto e tao pouco os candidatos ofereceriam vantagens pessoais em troca deste voto. Em  meio  a uma crise  politica sem precedentes em que vive nosso pais e os escândalos de corrupção que são denunciados todos os dias envolvendo o mais alto escalão dos políticos Brasileiro,ainda com as medidas tomada pela justiça na tentativa de coibir as fraudes e compras de voto era  palpável pensar '' agora muda'' mas não mudou .

O eleitor que passara mais quatro anos reclamando dos serviços públicos vê o momento como o mais oportuno  para tirar proveito  sobre aqueles que sempre prometeram e nunca cumpriram,pelo menos da mesma forma ou na integra da promessa, O eleitor sempre esta pronto um único voto passa a ser negociado com ate meia duzia de candidatos ao cargo de vereador,seu voto é colocado como artigo valioso com a proximidade do dia das eleições o que já valeu  a promessa de um emprego agora vai caindo de preço no final todo cem reais   é lucro  mas já ouvi falar  que em cidades das regiões vizinhas a tabela indicava oitocentos reais na primeira conversa e seiscentos no fechamento do negocio.

O eleitor  quer vender e o candidato que nem tem compromisso tao pouco propostas razoáveis para apresentar a sociedade esta preparado pra comprar a principio dizendo não tenho o dinheiro mas não esquecendo de fazer sua lista com anotações dos pedidos para os devidos cálculos posteriores .

não foi desta vez  que não vimos o voto ser negociado e nem sera desta vez que veremos os maus políticos banidos, em parte o eleitor da o rumo abre a porta, dita  e da seu aval  dizendo ao mal politico siga sua carreira e faça conosco o que é uma arte para vocês. o Politico recebe,aceita aplaude e agradece.

Espero não encontrar a parti de 2017 populares reclamando  dos serviços públicos ou a falta deles.

Cicero Maia.

É BOM OBSERVAR PARA VOTAR CERTO

O eleitor precisa, urgentemente, avaliar os programas de governo e propostas dos seus candidatos a prefeito e vereador. Outra coisa, precisa saber se ele é bandido, assaltante dos cofres públicos.

 

Segundo pesquisa realizada pelas entidades de direitos humanos, cerca de 30% dos candidatos estão enrolados com à justiça acusados de diversos crimes.



Lula discursava em Fortaleza; Sérgio Moro decretava prisão de Guido Mantega

 Guido Mantega, o ministro da fazenda que mais tempo passou no cargo, está preso e será levado para Curitiba. Motivo da prisão: autorizava contratos bilionários em troca de propina para o PT.

Na operação surge um novo personagem na corrupção financiado com dinheiro da Petrobras: o empresário Eike Batista, que faturou R$ 7 bilhões em contatos da Petrobras e devolvia parte para os corruptos.



Via blog do Roberto Moreira



Motoristas do Ceará poderão ter 40% de desconto nas multas



A partir de 1º de novembro, os motoristas do Ceará poderão ganhar descontos de 40% nas multas de trânsito sobre o valor original, se optar em receber as notificações das infrações por meio eletrônico, tais como e-mail, SMS via celular e outros mecanismos de comunicação via internet.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou no último dia 6 de setembro uma resolução que deu origem ao Sistema de Notificação Eletrônica para reduzir os custos com o envio de documentos impressos, diminuir o uso de papel e garantir que o cidadão seja efetivamente notificado da autuação.

Também poderá via internet recorrer da notificação ou transferir pontos para outro condutor. O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) vai desenvolver, padronizar, organizar, manter e fazer a gestão do sistema eletrônico. O novo sistema vai incluir na comunicação por meio eletrônico um link para que o cidadão possa recorrer da notificação, bem como para solicitar a transferência dos pontos para outro condutor, nos moldes do que já é feito no modelo atual.

Valor das multas subirá mais de 50%

Também a partir de 1º de novembro, serão reajustados os preços das multas (AQUI) de 52% a 66%, além disso a punição para o motorista que for flagrado falando ou "manuseando" o telefone passará de média para gravíssima.


(Diário do Nordeste)

quarta-feira, setembro 21, 2016

Climatempo detecta 'condição favorável' para chuvas em 2017 no Ceará

As condições presentes atualmente no oceano Pacífico equatorial apontam para uma boa estação chuvosa em 2017 no Ceará e no Nordeste, com chuvas na média ou até acima dela. A previsão é do metorologista Alexandre Nascimento, do Climatempo, que prevê também chuvas irregulares nos meses de outubro, novembro e dezembro. "Nos próximos meses a expectativa é de que chova bem mais que nos últimos anos”, diz. "A condição para que ocorram chuvas acima da média histórica é infinitamente melhor que a dos últimos anos. Nós já vínhamos com chuvas irregulares desde 2012.

No último ano, com o super El Niño que se formou, foi o último prego para fechar o caixão. Para o próximo ano, mesmo que a La niña não se forme – oficialmente, [existe] uma condição mais fria do que o normal no Pacífico equatorial, que se desenha favorável ao Nordeste".

O El Niño é o aquecimento anormal do oceano Pacífico equatorial que provoca mudanças na circulação da atmosfera, causando fenômeno como secas e enchentes em várias partes do globo. O La Niña, por sua vez,  é o oposto. O fenômeno é responsável pelo esfriamento das águas do oceano Pacífico e, como consequência, as águas do Atlântico sofrem um aquecimento para que haja um equilíbrio na temperatura atmosférica.

“Acredito que [as chuvas] não sejam suficientes para recompor de vez  os reservatórios, que estão abaixo da normalidade, mas já começa a sair do abismo hidrológico que entrou nos últimos anos. Praticamente em todo o período [outubro, novembro e dezembro] , a gente deve ter aí grande parte da região com chuvas acima da média”, diz.


G1 CE

terça-feira, setembro 20, 2016

Bancários prejudicam o povo brasileiro

 Os bancários recusaram mais uma proposta da Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e decidiram continuar a greve nacional, iniciada no último dia 6 e que completa hoje (20) 15 dias, com mais de 12 mil agências e 52 centros administrativos fechados, já na terceira semana de paralisação.

Na reunião da última sexta feira, em São Paulo, a Fenaban ofereceu aos bancários reajuste salarial de 7% e abono de R$ 3,3 mil. Os bancários não ficaram satisfeitos e decidiram manter a paralisação. Segundo a Fenaban, ainda não há data para novas negociações.


Os bancários reivindicam reposição da inflação de 9,57% e mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24), participação nos lucros, combate à meta abusiva, ao assédio moral e sexual, fim da terceirização, segurança e melhores condições de trabalho.



Só a título de informação! Funcionários do Banco do Brasil de Nova Russas aderiram a greve nessa manhã.

Castelo Branco que se vivo fosse, completaria hoje 119 anos, acertou na mosca!


Meu governo será o das leis, o das tradições e princípios morais e políticos que refletem a alma brasileira.

A esquerda é boa para duas coisas: Organizar manifestação de rua e desorganizar a economia.

Nossa vocação é a liberdade democrática, governo da maioria com a colaboração e respeito das minorias”.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Gilmar Mendes diz que decisão de Lewandowski foi ‘vergonhosa’

 O presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, qualificou nesta segunda-feira de “vergonhosa” a decisão do ministro Ricardo Lewandowski de fatiar a votação do impeachment de Dilma Rousseff no Senado, que resultou no afastamento definitivo da petista, mas não na perda de direitos políticos. “Considero essa decisão constrangedora, é verdadeiramente vergonhosa. Um presidente do Supremo não deveria participar de manobras ou de conciliados. Portanto não é uma decisão dele. Cada um faz com sua biografia o que quiser, mas não deveria envolver o Supremo nesse tipo de prática”, criticou Gilmar

Na sexta-feira, a ministra do STF Rosa Weber negou quatro pedidos de medida liminar que queriam suspender a habilitação da ex-presidente para o exercício de funções públicas. Os pedidos haviam sido feitos em mandados de segurança ingressados pelo PMDB, PSDB, DEM, PPS e Solidariedade, pelos senadores José Medeiros (PSD-MT) e Álvaro Dias (PV-PR) e pelo PSL.

Os partidos alegam que a votação fatiada ocorrida no plenário do Senado, que livrou Dilma Rousseff da inabilitação para assumir cargos públicos por oito anos, contraria o texto expresso na Constituição. A realização de duas votações criou um racha na base aliada do presidente Michel Temer, apesar da participação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), na costura da estratégia que suavizou a pena de Dilma.

PMDB, PSDB, DEM, PPS e Solidariedade alegam que foi inconstitucional a segunda votação do impeachment realizada como destaque, tendo em vista que, a partir do momento em que o resultado da primeira votação –pela cassação de Dilma– reconhece a existência de crime de responsabilidade, a pena de inabilitação para o exercício de funções públicas “é vinculada e não pode ser afastada”.

A advogada Janaina Paschoal, uma das autoras do processo de afastamento de Dilma, qualificou, à época, de “arriscada” a iniciativa dos partidos de acionar o STF. 

Em seu perfil no Twitter, Janaina fez apelos diretos aos senadores. “Eu peço, pelo amor de Deus, que quem já impugnou o julgamento do Senado, desista das medidas interpostas. Eu peço, pelo amor de Deus, que os partidos que ainda não impugnaram, não interponham nenhum tipo de medida.” A advogada considerou que a provocação à Corte poderia levar à uma decisão de anular toda a votação, e não apenas a votação que permitiu que Dilma ocupasse funções públicas. “Se o impeachment for anulado, ainda que se marque novo julgamento, Dilma voltará imediatamente para o poder, pois terão passado os 180 dias.”



Com informações da Veja

segunda-feira, setembro 19, 2016

Governador assina ordem de serviço para a restauração de rodovias em Santa Quitéria e Nova Russas

 O governador Camilo Santana assinou, na sexta-feira (16), a ordem de serviço para a restauração de rodovias nos municípios de Santa Quitéria e Nova Russas. Ao todo, serão mais de 60 km que serão totalmente revitalizados, com um investimento de R$ 30 milhões, recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do Tesouro do Estado, dando melhor trafegabilidade para os motoristas e promovendo um deslocamento mais seguro de pessoas e mercadorias.

Em Santa Quitéria, foi autorizada a pavimentação da CE-463, trecho do entroncamento da CE-366 até o distrito de Trapiá. Serão restaurados 6,56 km de rodovias, com investimento de cerca de R$ 4 milhões, em trabalhos que incluem serviços de terraplenagem, pavimentação, revestimento asfáltico, obras d’arte correntes, sinalizações horizontal e vertical, bem como em proteção ambiental.

As máquinas já começam a trabalhar aqui na segunda-feira e, em cerca de três meses, essa estrada será entregue aos moradores da comunidade. Logo, logo vocês terão aqui uma rodovia totalmente pavimentada para atender as necessidades da população e, ainda, trazer oportunidade de emprego, pois a obra também vai proporcionar esse benefício”, afirmou o governador Camilo Santana.

Já em Nova Russas foi autorizada a restauração da CE-187, trecho Ipueiras–Nova Russas–Sucesso. Serão restaurados 56 km da rodovia, com investimento de cerca de R$ 26 milhões, incluindo os mesmos serviços, beneficiando diretamente moradores das cidades de Ipueiras, Nova Russas, Tamboril e Crateús.

O governador destacou que esse era um desejo antigo dos moradores. “Essa é uma estrada toda nova, bonita, sinalizada. Essa é uma reivindicação antiga da população, fazia tempo que todo mundo pedia por isso e hoje estamos aqui assinando a ordem de serviço. São 56 km, que vão custar R$ 26 milhões, é uma distância considerável que vai beneficiar não só Nova Russas, mas também Ipueiras, Tamboril e toda a região”, disse.


(Governo estadual )



TSE – Candidato só pode ser preso em flagrante delito

Nenhum candidato às eleições municipais marcadas para 2 de outubro pode ser detido ou preso, a não ser que seja pego em flagrante cometendo crime. A medida de proteção, em vigor desde sábado, é garantida pelo Código Eleitoral e serve para que autoridades policiais ou judiciais não possam cometer eventuais abusos na tentativa de interferir nas disputas pelo voto.

Entre os casos que podem permitir a prisão em flagrante estão incluídos os crimes eleitorais, como a compra de votos. Mesmo se houver prisão ou detenção em flagrante, o candidato deve ser levado imediatamente a um juiz, para que o magistrado avalie no mesmo momento a legalidade do ato.
Apesar da proteção, não é incomum que candidatos sejam presos mesmo durante este período especial de proteção, que começa a vigorar 15 dias antes de as urnas serem abertas.

Nas eleições de 2014, por exemplo, 80 candidatos foram presos somente no domingo de votação, a maior parte pela prática de boca de urna ou transporte irregular de eleitores até a seção eleitoral.


(Com TSE)

Projeto quer tornar hediondo o assassinato de jornalistas

 Em nome da liberdade de expressão e da segurança no exercício da profissão, um projeto para tornar o assassinato de jornalistas como hediondo, de autoria do senador licenciado Acir Gurgacz (PDT-RO), aguarda análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Eu entendo que, se nós aprovarmos esse projeto, estaremos reforçando essa liberdade de expressão, garantindo aos repórteres para que eles tenham tranquilidade de fazer as suas reportagens, informando a população. A legislação como está hoje não protege o repórter”, comentou o senador.

O crime hediondo é aquele que revolta e que causa aversão à sociedade, como homicídio por extermínio, lesão corporal dolosa, latrocínio, extorsão mediante sequestro, estupro e favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente ou de vulnerável.


(com a Rádio Senado)